A Experiência de Consumo no Meio Digital

Paulo Paulo Rogerio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
A experiência de consumo no meio digital

Ao falarmos em experiência de consumo, logo ligamos ao mercado físico, mas esse termo deve ser adotado no meio digital também, oferecendo dessa forma um processo de compra e interação muito mais eficiente.

Mas você sabe por que essa experiência é tão importante? Porque é ela que dá sentido a compra. Tornando mais que uma troca de dinheiro por mercadorias. E não é qualquer experiência, é A experiência, ela precisa ser memorável!

Por isso, você precisa conhecer muito bem os desejos do seu consumidor. Impactar positivamente e criar um relacionamento sólido são um dos principais benefícios da experiência. Então, você deve ter algumas estratégias em mente para atingir seu consumidor e melhorar a experiência dele. Confira algumas dessas estratégias que podem te ajudar.

 

Conheça o seu consumidor

Para oferecer uma ótima experiência é preciso conhecer bem o seu consumidor: faixa etária, ocupação e preferências. Para que essa estratégia funcione, é necessário avaliar pesquisas reais de mercado e dados dos seus consumidores atuais, e não se basear apenas em suposições.

Você deve conhecê-lo como um indivíduo, que possui interesses e necessidades únicas. Além do produto e do serviço, os consumidores também compram as experiências e a gratificação emocional. A decisão de compra é totalmente relacionada a elementos emocionais que ficam escondidos no inconsciente.

 

Conheça a jornada de compra

Saber o caminho que leva o cliente até chegar a decisão de compra é fundamental. Na jornada, o consumidor passa por três estágios: consciência, consideração e decisão. A partir disso, ele reconhece sua necessidade, analisa os melhores produtos do mercado, dicas de outros consumidores e o custo-benefício, e só então efetua a compra.

Esse conhecimento da jornada de compra permite às empresas gerenciar habilidosamente toda a experiência do consumidor, pois é a partir dela que você fará a aplicação de técnicas de gestão da experiência de consumo, como por exemplo, a alocação do orçamento de marketing, mapeamento de conteúdo e otimização dos processos.

Assim, você consegue oferecer o que ele precisa na hora certa. E se ela ainda estiver na fase de consideração, você pode ajudá-lo ao oferecer conteúdo relevante, como artigos e e-books.

Isso dá a oportunidade do cliente tomar as próprias decisões e ter uma experiência de consumo valiosa.

 

Ofereça diversos canais de comunicação

Hoje, o mundo está completamente integrado ao digital, e ter só um telefone fixo como forma de atender ao consumidor não é mais uma opção viável.

Reconheça seus clientes em todos os canais de contato e dispositivos e ofereça mais de uma possibilidade de atendimento — como chats virtuais, e-mail, SMS, redes sociais e o próprio telefone. Isso abrirá um leque de possibilidades na resolução de problemas e trará uma experiência mais personalizada ao consumidor.

 

Prepare a sua equipe

Não adianta investir em estratégias de comunicação ou de vendas, se a sua equipe de colaboradores não está preparada para lidar com elas.

Uma equipe com treinamento em liderança e atendimento, e acima de tudo, engajada, será capaz de melhorar a experiência de consumo dos clientes e trabalhar em parceria com a empresa na busca por resultados.

Então lembre-se do que não pode faltar na experiência do consumidor:

  • Conexão emocional com a sua marca;
  • Personalização;
  • Compreensão de hábitos de consumo;
  • Atualização frequente de novidades digitais;
  • Análise detalhada sobre o funil de vendas;

Agora é colocar todas essas dicas em prática e começar a vender.

 

Fonte: http://mktdrops.com.br/experiencia-de-consumo-no-digital-como-torna-la-incrivel/