Será que você está fazendo brainstorm da forma correta?

admin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Será que você está fazendo brainstorm da forma correta?




Será que você está fazendo brainstorm da forma correta?

 

Terça-feira, 9 da manhã, primeira atividade do dia: brainstorm para a criação de uma campanha de Natal para um cliente do segmento de tecnologia. Time reunido, café a postos, todo mundo com cara de poucos amigos e um briefing de mais ou menos 5 linhas. Entre um gole de café e outro, piadas internas e algumas risadas, as melhores soluções começam a se destacar e pouco mais de uma hora depois, voialà, a campanha está criada. A cena é recorrente nas agências de comunicação, podendo variar o segmento do cliente e a quantidade de linhas no briefing, mas uma coisa nunca muda, a reunião de mentes criativas para ter ideias.

Embora a prática do brainstorm seja bastante comum em empresas de diversas áreas, nem sempre ele acontece como deveria. Muitas vezes a reunião não rende como o esperado pois o processo de compartilhamento das ideias não é produtivo. Mas como assim? Há uma forma correta de fazer um brainstorm? Não exatamente, mas existem técnicas que podem ser aplicadas para que as ideias fluam de maneira mais natural.

1 – Crie uma atmosfera para o brainstorm
Muitas vezes colocar seu time na sala de reuniões e esperar que ideias geniais apareçam não é suficiente. É preciso criar uma atmosfera que incentive a criatividade e a inovação. Ir a um lugar diferente, com estímulos visuais variados e fora da zona de conforto dos participantes irá proporcionar uma experiência enriquecedora para todos.

2 – Conheça bem o cliente e qual seu objetivo
Ter foco nos objetivos do cliente é fundamental para um brainstorm assertivo. Busque o máximo de informações possíveis antes de começar a reunião para evitar pausas e tenha em mente qual será o resultado da ação no futuro.

3 – Tenha muitas ideias, sem filtro
Esta é uma dica muito importante para todos os participantes de um brainstorm. Ter ideias é o principal objetivo de uma reunião de criativos e, nós sabemos, a maioria delas não é boa. Mas ainda assim são úteis e podem trazer insights para que outras pessoas falem o que estão pensando.

4 – Não critique a ideia dos outros
Nada de ridicularizar o coleguinha durante um brainstorm. As pessoas têm referências diferentes e tudo é válido enquanto nada está definido. Criticar pode tornar o ambiente pesado e criar um bloqueio de ideias nos participantes. No primeiro momento todas as opiniões devem fluir, sem filtro.

5 – Desfaça e refaça ideias
Não se apegar a uma ideia é fundamental para o bom andamento do brainstorm. Imagine se todos os participantes ficarem focados apenas no que compartilharam? Desfazer ideias, refazê-las e melhorar seu conteúdo pode render trabalhos geniais. A contribuição de cada pessoa é o que faz a diferença para um grande projeto.

6 – Use técnicas criativas
Nuvem de palavras, moodboard com imagens e associação de ideias são algumas técnicas criativas que podem ajudar seu time a ter um melhor resultado durante o brainstorm. Modificar os estímulos e incentivar que as pessoas saiam da sua zona de conforto ajuda a criar novas ideias.

7 – Escreva e desenhe
Tenha sempre uma caneta em mãos, mesmo que seja de uma mesa digital. Anotar palavras e fazer desenhos enquanto as ideias estão fluindo abre caminho para novas possibilidades de associação de palavras e personagens.

Como são os brainstorms aí na sua empresa? Usando nossas dicas você pode ter reuniões mais produtivas, criativas e cheias de boas ideias. Compartilhe com seu time!

 

FONTE: http://blog.locaweb.com.br/dicas/marketing/sera-que-voce-esta-fazendo-brainstorm-da-forma-correta/

Por